terça-feira, 25 de agosto de 2015

Dançarina de funk usuária de crack deve se internar na mesma em que se tratou o "Mendigo Gato"

A clínica em que Juliana deve ficar oito meses internada é a mesma em que se tratou Rafael Nunes, o "Mendigo Gato". Atualmente, Rafael mora em Niterói com sua esposa e filho. Após o fim do tratamento, o jovem retomou a carreira de modelo e continuou o acompanhamento com psicólogos.
Dançarina de funk usuária de crack deve se internar: 
A vida da ex-dançarina de funk Juliana Silva está prestes a mudar. A jovem de 28 anos será internada em uma clínica de reabilitação na cidade de Araçoiaba da Serra, no interior do Estado de São Paulo. Atualmente, a jovem está internada no hospital de Acari, na zona norte do Rio.

Veja Também: O bumbum do ator Reynaldo Gianecchini faz sucesso na internet

A clínica em que Juliana deve ficar oito meses internada é a mesma em que se tratou Rafael Nunes, o "Mendigo Gato". Atualmente, Rafael mora em Niterói com sua esposa e filho. Após o fim do tratamento, o jovem retomou a carreira de modelo e continuou o acompanhamento com psicólogos.

Veja Também: Carol Muniz mostra intimidade ao lado de novo affair

A esperança da mãe de Juliana é que a jovem tenha o mesmo sucesso no tratamento.

Maria Viana conta que espera ver a filha brilhar de novo.
— Tantos anos atrás de uma clínica dessa e Deus me deu essa oportunidade de uma clínica e uma nova vida pra minha filha. Ela agora vai brilhar de novo.

A mãe da jovem ficou sem notícias da ex-dançarina durante um ano. Foi após uma campanha nas redes sociais que Maria descobriu que a filha vivia nas ruas de Acari.

Maria se enche de esperança ao ver a filha internada e querendo ser tratada.

Veja Também: Grazi Massafera está tendo um romance com o designer

— Do jeito que a minha filha estava e como ela está hoje, de zero a dez, eu dou nota dez. Meu sonho é ver minha filha limpa das drogas. Limpa de tudo.

A jovem já pergunta dos filhos. Na foto, a filha caçula de Juliana, que conviveu pouco com a mãe devido ao vício em crack. A menina, segundo a avó, nasceu nas ruas e prematura.

Em conversa com a mãe, Juliana disse que não se esqueceu do seu passado de glória

— Ela conversou um pouco comigo. Ela lembrou da época dela como dançarina, dos MCs para quem dançou, mas eu não me recordo o nome. Ela lembrou da época de quando era do Cacique de Ramos e até quando foi rainha.

Veja Também: Janaína Santucci posou para ensaio sexual com looks de inspiração militar

O sonho de Maria em ver a filha fora das ruas de Acari está próximo. Sem ver a filha por um ano, a mãe da jovem agora consegue dormir.

— Antes eu não conseguiria dormir. Agora eu consigo dormir. Estou realizada, meu sonho está se realizando e está acabando meu sofrimento.

Segundo Maria, a depressão de Juliana começou após ela ver a carreira de sucesso ser ameaçada. Desde os 15 anos sob os holofotes, a jovem não soube lidar com a escassez de trabalhos como dançarina e modelo.

Com a internação, Maria poderá acompanhar a evolução de Juliana e falar com a filha pelo telefone toda semana. Mesmo com a distância, ela acredita que este pode ser o começo da recuperação total da ex-dançarina.

Veja Também: Clima tenso entre Gisele Bündchen e Tom Brady

Obrigada por visitar o site Famosos da Net!!!
Fonte: R7
Créditos da imagens: Google.com.br


Compartilhe este artigo

0 Comentários :

Postar um comentário