terça-feira, 8 de setembro de 2015

Sertanejos são detidos ao fazer apologia às Drogas: Confira o vídeo da confusão

De acordo com a PM, os cantores faziam apologia às drogas em letras de funk na apresentação, que acabou sendo interrompida por agentes. No momento da prisão, diversas pessoas se manifestaram contra e começou uma gritaria e vaias à PM.
Sertanejos são detidos ao fazer apologia às Drogas: 
Os sertanejos Junior e Gustavo foram detidos pela Polícia Militar (PM) durante um show da dupla na madrugada desta segunda-feira, na Exposição Agropecuária de Macuco, na Região Serrana do Rio.

Veja Também: Cantor Sertanejo teve 'romance de aluguel' com Andressa Urach

De acordo com a PM, os cantores faziam apologia às drogas em letras de funk na apresentação, que acabou sendo interrompida por agentes. No momento da prisão, diversas pessoas se manifestaram contra e começou uma gritaria e vaias à PM.

Veja Também: Cantor sertanejo que pode virar galã de novela na Globo

Os dois foram encaminhados para a 154ª Delegacia de Polícia em Cordeiro, prestaram depoimento e foram liberados em seguida. Segundo a dupla, a música foi cantada a pedido do prefeito da cidade, Felix Lengruber. O próprio prefeito acompanhou os dois até a delegacia para confirmar que havia feito a solicitação. Ele teria dito que pediu que cantassem funks, pois é um ritmo que agrada a população.

Veja Também: Gusttavo Lima é "blindado" durante premiação

Segundo a polícia, essa não é a primeira vez que a dupla é autuada. Junior e Gustavo foram detidos pela primeira vez durante um show em Nova Friburgo, em 2014. Segundo o coronel da PM Carlos Eduardo Hespanha, a dupla gosta de "inflamar a população com esse tipo de música".

Veja Também: Lucas Lucco tem affair com cantora de Axé

Confira a parte da confusão registrada em vídeo:



Veja Também: Vídeos de Hits sertanejos que virou grude que não saem da cabeça

Obrigada por visitar o site Famosos da Net!!!
Fonte: Odia 
Créditos da imagens: Reprodução/Odia/Youtube


Compartilhe este artigo

0 Comentários :

Postar um comentário